Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Ser boa pessoa? A work in progress... Nah, dá muito trabalho!

23.09.15publicado por Gato Pardo

Conversa de café.

 

- Sabes, estou cada vez mais farta de ser boa pessoa. Cada vez me convenço que é demasiado esforço para tão pouco proveito...

 

Dei por mim a concordar com a pessoa em questão.

Não só porque estou a anos luz de ser uma boa pessoa mas porque não tinha como refutar a sua afirmação. Não só porque esse conceito é do mais ambíguo que existe mas também porque dá um trabalhão dos diabos. Senão vejamos. Eis um pequeno inquérito efectuado a 100 pessoas das quais 90 fugiram de mim porque pensavam que eu era uma Testemunha de Jeová e os outros 10 só falaram comigo porque me cravaram um cigarro enquanto falávamos.

- Uma boa pessoa não diz palavrões nem insulta. É má educação. Mesmo quando um gajo nos bate no carro e depois de olhar para o nosso pára choques e diz "isso mal se vê", uma boa pessoa nunca responderá "isso é o que a tua mulher te disse da primeira vez que tentaste pinar com ela, certo?". Ok, não sou uma boa pessoa. Que se f*da.

- Ó ódio não é um sentimento que se coaduna com boas pessoas. Tou lixado. Odeio favas. Odeio iscas. E odeio visceralmente a Margarida Rebelo Pinto. Vou arder no inferno.

- Uma boa pessoa não tem vícios. Bem, visto que sou um happy smoker, um jolly drinker e um one of a kind lover, suponho que estes três singelos vícios descartam por completo a mínima probabilidade de eu ser uma boa pessoa. Que se lixe. Vivo bem com isso.

- Uma boa pessoa mede sempre as suas palavras. Até nem discordo em absoluto desta afirmação. Tirando aqueles casos específicos em que a minha incontinência verbal leva a melhor e tudo num raio de 10 kms é vaporizado. Sim, porque a tolerância humana tem os seus limites. E eu não sou conhecido pela minha paciência infinita.

- Uma boa pessoa dará sempre o melhor de si, seja em que circunstâncias forem. Já fui assim e já fui um firme crente desta afirmação. Mas depois acordei. E sim, o meu perfeccionismo não me deixa dar menos de 200% em tudo que me envolvo mas tornei-me muito mais selectivo naquilo em que me envolvo e mais importante, com quem me envolvo. Nem tudo merece o nosso melhor e nem todos merecem um vislumbre do melhor que somos.

- Uma boa pessoa deixa a sua marca nas outras pessoas. Hum...se eu retirar esta frase do contexto devido e a meter num contexto mais sexual, isso significa que sou boa pessoa? É que se é o caso, então sou património do Coro de Santo Amaro de Oeiras. Um bocado depravado mas mesmo assim, património.

Como disse antes, isto dá uma trabalheira dos diabos. Limitemo-nos a ser o melhor que conseguimos ser, nunca abdicando das nossas convicções, credos e vontades. Porque no dia em que deixarmos de ser nós mesmos, passamos a ser algo que as outras pessoas desejam que sejamos. Mais uma ovelha num rebanho sem fim. Se é essa a definição de boa pessoa, então count me out.